• Persa Planejamento Financeiro

OS 3 NÍVEIS FINANCEIROS

A vida de qualquer pessoa mudará por completo depois que ela conhece os 3 níveis financeiros cujo objetivo é o de mostrar todos os passos necessários para atingir equilíbrio, liberdade e independência financeira!


Você já imaginou sua vida sem preocupações financeiras, com todas as contas pagas dentro do prazo, uma reserva de emergência para o caso de algum imprevisto, e algum dinheiro na conta para poder sair de vez em quando sem grandes preocupações.


Você pode também querer uma vida mais tranquila, onde o dinheiro não será um problema, com a possibilidade de viajar para onde quiser, quando quiser, ter a liberdade de escolher o que quer fazer, com o que quer trabalhar.


Além disso, você poderá ainda querer uma vida mediana, que não seja tão simples, mas também não precisa ser uma vida de milionário. Apenas uma vida que lhe dê certo conforto, que consiga viver tranquilamente, ter uma boa casa, um bom carro, férias com a família, mas sem muitos exageros.


É interessante verificarmos que a sociedade ensina que somente com muito trabalho teremos dinheiro. Em outras palavras, primeiro trabalhamos para depois ganhar dinheiro. Contudo, os grandes empreendedores inverteram essa ordem, ou seja, em vez de trabalhar para ganhar dinheiro, os empreendedores colocam o dinheiro para trabalhar. O trabalho torna-se um gosto, uma vontade própria, e não uma obrigação, um fardo. E por que isso? Porque, nestes casos, o dinheiro investido dará uma renda que permitirá viver tranquilamente.


Importante: antes de começar a trilhar o seu caminho, é importante que você defina qual o estilo de vida que deseja ter. E saiba que, não importa o estilo de vida que você escolher, em qualquer um deles é possível viver bem. Estabeleça suas metas e objetivos para poder trabalhar nesse sentido, elaborando um plano que permita alcançar esses objetivos finais.



NÍVEIS FINANCEIROS

Pois bem, agora que você já escolheu o estilo de vida que deseja ter, vamos para a ação! Lembre-se que não basta querer! É preciso agir para alcançar nossos maiores objetivos!

Vamos aos estilos de vida:


Estilo de Vida 1: Equilíbrio financeiro

Sempre que falamos de equilíbrio na vida, não podemos deixar de abordar o equilíbrio financeiro, ou seja, um estilo de vida simples. Assim, quando você se encontra estável financeiramente, pode dizer que alcançou o primeiro nível financeiro. O primeiro obstáculo para atingir este estilo de vida é referente às crenças limitantes. E tais crenças devem ser quebradas para que você possa agir e aceitar as mudanças. Depois, precisamos aceitar que o caminho não é fácil, e nem curto. Muitas pessoas desistem, pois acham que não chegarão lugar algum porque não conseguem ver resultados rapidamente. Para superar isso você deve ter: Resiliência e Persistência! Foco e Determinação! Sendo assim, é fundamental você organizar as suas finanças de acordo com um orçamento doméstico estabelecido. Assim você consegue controlar para onde está indo o dinheiro que você ganha, para onde está indo erradamente, e para onde deveria ir! Você também deverá pagar todas as suas dívidas (caso tenha). Não esqueça de formar uma reserva de emergência de, pelo menos, três vezes o salário, ou consumo mensal, para não ser necessário recorrer ao cheque especial e crédito com altas taxas de juros. Superando todas essas fases, você terá alcançado o equilíbrio financeiro.



Estilo de Vida 2: Liberdade Financeira

Ah, a tão sonhada liberdade financeira! Mas o que ela realmente significa? Bem, quando dizemos que alguém alcançou a liberdade financeira, queremos dizer que alcançou o nível financeiro intermediário (ainda). De forma gera, ao atingir a liberdade financeira a pessoa terá um estilo de vida confortável, sem sufoco, com margem para comprar uma casa legal, um bom carro, e viajar com a família sem que isso prejudique o seu orçamento. Contudo, não podemos esquecer que, por este estilo de vida exigir bem mais orçamento que o estágio do equilíbrio financeiro, o tempo para o alcançar é no médio prazo. Importante!: O grande foco desse estágio é a formação de patrimônio. Vamos aos obstáculos para alcançar este estilo de vida: 1) se refere aos investimentos de médio e longo prazo. A partir desse momento, deverá começar seus investimentos em ações de empresas. Obviamente que isso exige um grau de conhecimento maior, especialmente para fazer análises de lucro e crescimento; 2) se refere às fontes de renda passiva. Até agora, você tinha apenas uma renda fixa e/ou variável. Mas, para alcançar o patamar seguinte, é importante buscar fontes de renda passiva que possam complementar a renda principal. Dessa forma você consegue ter valores de aportes dos investimentos maiores. Sendo assim, deverá investir a maior parte destinada para aplicações em renda variável e somente uma pequena parte em renda fixa. Você deverá ser, no mínimo, um investidor moderado, buscando sempre a diversificação. Em resumo, você somente terá atingido esse nível quando não depender mais somente de sua renda principal.



Estilo de Vida 3: Independência financeira

Chegamos ao último nível financeiro: essa sim, mais do que sonhada, a independência financeira. Este nível representa o de uma vida rica (em termos financeiros, claro); e o tempo para ser atingido é no longo prazo, uma vez que, neste estilo, o foco é buscar não trabalhar pelo dinheiro, mas sim colocar o dinheiro para trabalhar por você. Vamos aos obstáculos: 1) Multiplicar seu patrimônio, fazendo com que ele renda o suficiente para manter seu padrão de vida; 2) Tenha sempre em mente que o objetivo aqui não é a riqueza em si [exemplo: ter 10 milhões de reais], mas sim garantir uma vida onde os seus ativos passivos rendem o suficiente para não trabalhar e se preocupar com dinheiro. Importante!: Diversificar o patrimônio, considerando mais segurança, mas não deixar de considerar os retornos e riscos.


Nunca se esqueça que ser rico não é ter milhões no bolso, mas ter equilíbrio para manter o que tem, liberdade para poder fazer escolhas sem grandes limitações e independência para não depender de um salário para viver.


De forma bem geral, a vida financeira é assim: primeiros ganhamos dinheiro, aprendemos a poupar/investir, analisamos a qualidade de nossos gastos, e, com isso, planejamos nossa vida financeira com base em nossos objetivos e desejos. Contudo, a maioria das pessoas fazem a trilha errada: ganhar, gastar, pagar e, se sobrar, poupar/investir. E é precisamente por essa razão que algumas pessoas e famílias, mesmo com uma renda e patrimônio razoável, conseguem viver melhor que aqueles que têm uma renda maior, mas nenhum patrimônio.


Faça como nossos clientes Persas: com determinação e disciplina, as suas conquistas financeiras poderão ser cada vez melhores!


Gostou do artigo e quer ajuda no seu planejamento financeiro? Nós da Persa Planejamento Financeiro podemos te ajudar!


Saiba mais em: www.persafinancas.com


Instagram: https://bit.ly/2PANIBK


Youtube: http://bit.ly/3e6v9j2


Linkedin: https://bit.ly/309LFXo


Facebook: http://bit.ly/3c0NbAH



50 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo